[Resenha] Bela Distração – Jamie McGuire – @Verus_Editora

bela-distracao

[RESENHA] Bela Distração – Jamie McGuire

Titulo original: Beautiful Oblivion

Editora: Verus

Ano: 2014

Número de páginas: 308

Sinopse:

Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.

Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.

Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.

Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.

Em Bela Distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo Desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby.


Resenha:

O que mais gostei de Bela Distração foi a nossa mocinha da vez, a achei interessante, madura e responsável a Cami é forte, batalhadora e não se deixa abater. Ela é bem durona e isso a faz ficar mais interessante para o Maddox da vez! A Cami é independente, estuda, trabalha e a achei mais legal que a Abby. Eu gostei da Abby, mas a Cami muito mais segura e descolada, além de encarar tudo de frente ela tem autoconfiança.

Gostei desses personagens e notei a trama mais rápida sem rodeios. A Cami e o Trenton tem uma química ótima, tanto que fica muito claro já logo nas primeiras páginas do livro.

E esse namorado secreto da Cami?! É realmente a gente só vai entender quase no final e é bem surpreendente.

O Trenton, como um bom Maddox é um homem de uma mulher só e sempre deixa claro demonstrando de todas as formas que pode dar à Cami tudo o que ela precisa, mesmo ela relutando aos poucos começa a enxergar “seus encantos”. O final é bom e responde todas “pontas soltas” e perguntas que ficam sempre no ar.

Enfim o que posso dizer é que achei a trama interessante, Jamie McGuire mais um ótimo livro.

Nota: 3,5

Por Roberta Corrêa

bela-redencao

belo-sacrificio bela-chama

Anúncios

[Resenha] O Garoto do Cachecol Vermelho – Ana Beatriz Brandão @verus_editora

o-garoto-do-cachecol-vermelho

Sinopse:

Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance

Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho… Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.

 

 

o-garoto-do-cachecol-vermelho

Resenha:

O Garoto do Cachecol Vermelho me conquistou desde os primeiros momentos, os capítulos te cativam, a escrita é maravilhosa e com situações comuns do dia a dia. Aborda temas difíceis como o ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). A trama relata uma abordagem cientifica, histórias reais e vivenciadas todos os dias por pessoas que sofrem com essa doença devastadora e fatal.

No livro é apresentado a instituição ABRELA (Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica) e o trabalho que realizam, a autora ressalta que cada livro vendido, uma parte dos direitos autorais vão para a instituição.

A luta de Daniel para ajudar a garota arrogante melissa não foi fácil, mas no final das contas tudo valeu a pena. Um romance cativante e cheio de reviravoltas que te deixa de boca aberta e querendo mais, nos deixando orgulhosos de sua luta e em momentos finais nos deixando pegando caquinhos.

Nota: 5/5 estrelas

Por Dennis Romoaldo

Nosso novo colaborador, é uma felicidade em tê-lo com a gente, que venham novas resenhas e novidades por aí ♥

[Resenha] A Queda dos Anjos – Susan EE @Verus_Editora

logo-versus

 A-queda-dos-anjos-Livros&FuxicosA Queda Dos Anjos

Angelfall

Fim dos Dias – Livro 1

Autora: Susan E E

Editora: Verus

Páginas: 279

Lançamento: 2016

Classificação: 5/5 ♥ Favoritado

Gênero: Fantasia, Ficção, Apocalipse, YA, Romance

Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção. Os anjos do apocalipse chegaram — e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo — desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em San Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã, e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.

Resenha

Faz um bom tempo que não lia nada do gênero fantasia. Estava ansiosa para começar a leitura do livro que havia escolhido pela capa maravilhosa. Sim, sou dessas! Escolho livro pela capa e devo admitir que a capa original é divina também, não saberia dizer qual a minha favorita de tão perfeitas. Como não leio as sinopse dos livros, não fazia ideia do tipo de assunto abordado. Aí me deparo com uma fantasia pós-apocalítica de tirar o fôlego e  acabo fascinada pela história.

A trama é narrada por Penryn, uma adolescente forte e batalhadora que vive com a irmã mais nova que é cadeirante e com a mãe esquizofrênica. O pai as abandonou há algum tempo e desde então ela precisou tomar conta da família pois a doença mental de sua mãe piora a cada dia.

O anjo Gabriel foi assassinado pelos humanos, ao vivo na TV, depois disso o mundo se tornou um caos. Alguns anjos desceram do céu e começaram a matar os humanos e dominar a Terra sem outras explicações. As pessoas tiveram de abandonar suas casas, carros, pertences, tudo e ir atrás de comida, água e segurança. Enfim, tiveram de fugir para tentar sobreviver no mundo pós apocalipse.

… No entanto, a única coisa que realmente me convence de que o apocalipse chegou são os smartphones esmigalhados aos meus pés. Nada menos que o fim do mundo faria nossos amantes de tecnologia ecologicamente conscientes jogarem seus últimos apetrechos eletrônicos na rua. É praticamente um sacrilégio, mesmo que agora não passem de peso morto.

Penryn tentou adiar sair da segurança do seu lar por conta das dificuldades de locomoção da cadeira de rodas de sua irmã e também por conta da doença mental da mãe, mas chega o dia em que faltam comida, água e segurança. Então ela sabe que também precisa fugir para salvar a sua família.

Durante a fuga, ela acaba presenciando uma briga entre anjos e quando um dos anjos, Raffe, tem suas asas arrancadas diante de seus olhos, ela decide ajudá-lo, só que no meio da confusão sua irmã é raptada por outro anjo.

Meus amigos me chamam de Ira, meus inimigos de “Por Favor Tenha Piedade”.

Eles decidem se ajudar após a confusão. Raffe quer encontrar um modo de implantar as asas arrancadas e Penryn precisa encontrar a irmã que foi raptada. Juntos precisam encontrar um modo de sobreviver e enfrentar uma série de acontecimentos bizarros em busca de seus objetivos.

— Se lamentar realmente faz os humanos se sentirem melhor?

— Estivemos sussurrando desde que vimos as vítimas na estrada.

— Não estou me lamentando — sussurrei de volta.

— Claro que não. Uma garota como você, passando o tempo com um semideus guerreiro como eu. O que há para se lamentar?
Deixar uma cadeira de rodas para trás não seria nada comparado a isso.

Eu quase tropecei em um galho caído.

— Você deve estar de brincadeira.

— Nunca brinco sobre meu status de semideus guerreiro.

— Ai. Meu. Deus. — Eu baixei a voz, tinha me esquecido de sussurrar. — Você não passa de um passarinho sem atitude. Tudo bem, você tem alguns músculos, eu lhe dou créditos por isso. Mas você sabe, um passarinho é nada mais do que um lagarto desenvolvido. É isso que você é.

Ele gargalhou.

— Evolução — ele se inclinou como se fosse contar um segredo.

— Vou te contar que eu sou assim perfeito desde o início dos tempos — ele está tão perto que sua respiração afaga minha orelha.

— Oh, por favor. Sua arrogância está ficando muito grande para essa floresta. Logo, logo, você vai ficar preso tentando andar entre as árvores. E depois, vou ter que te resgatar — eu dei um olhar estranho a ele. — De novo.

– Aqui, te mostro como usar. Me deixa dar uma olhada no seu pé.
– Esse é um pedido muito íntimo no mundo dos anjos. Geralmente é preciso um jantar, um vinho e uma conversa estimulante para eu te mostrar os meus pés.
Isso exige uma resposta espirituosa.
– E daí? – respondo.
Tudo bem, eu não vou receber o Troféu Mulher Espirituosa do Ano.

Penryn é uma personagem forte, corajosa e decidida e como a autora criou um cenário de guerra incrível, confesso que nem senti falta de mais romance. Muito pelo contrário, em um mundo pós-apocalítico acredito que o importante é sobreviver e não namorar. Esse foi um dos pontos que mais curti, a autora criou situações apavorantes, assustadoras e eletrizantes. Impossível parar de ler e impossível não ficar ansiosa pela continuação.

Adormecido, ele se parece com um sangrento Príncipe Encantado, acorrentado no calabouço.
Quando eu era pequena, sempre pensei que eu ia ser a Cinderela, mas eu acho que isso me faz a
bruxa malvada.

Eu gostaria de saber o que vai te matar mais rápido: a lealdade ou a teimosia.

Nunca pensei sobre isso antes, mas tenho orgulho de ser humana. Temos tantos defeitos. Somos frágeis, confusos, violentos e lutamos contra tantos problemas… Mas, no fim das contas, tenho orgulho de ser humana.

Esse é um daqueles livros que nos faz perder uma noite de sono e ao final você tem vontade de entrar em contato com a editora e dizer “OMG!!! Será que vocês podem lançar logo o próximo livro!!!”

Sobre a série

Saga-AQuedadosAnjos

A Queda dos Anjos é o primeiro volume da trilogia Angelfall. A data de lançamento no Brasil do segundo volume ainda não foi divulgada pela editora.

Por Viviane Gonçalves

Para maiores informações acesse ⇒ Grupo Editorial Record

record

[Resenha] No Mundo da Luna – Carina Rissi @verus_editora

livro_N6OlqZ

No Mundo da Luna

Autor: Carina Rissi

Gênero: Chick Lit

Páginas: 476

Editora: Verus

Ano: 2015

 

Sinopse:

A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe idiota vive trocando seu nome.

Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai em seu colo. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?

Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.


No Mundo da Luna 02 Resenha:

De todos os livros que li da Carina Rissi esse foi o que mais gostei, a trama é leve, ágil, bem escrita e com uma mocinha forte, a narrativa é fluída e a autora passou isso de forma perfeita a seus leitores.

 Algo me encantou nessa trama não sei bem descrever o quê, mas como um todo eu amei a estoria e a forma como ela se desenrola.

A Luna é fantástica guerreira, independente, não deixa que sua vida pessoal atrapalhe a profissional, tem uma melhor amiga que é ótima, muito diferente de algumas que são enfadonhas. Até suas trapalhadas são ótimas, a Luna é leve, tem suas neuras, como todos as pessoas, afinal quem não as tem? Consegui ver na Luna algo genuíno, uma personagem que você torce do começo ao fim.

O que falar do Dante, personalidade forte e extremamente profissional, mais um personagem que encanta e faz as mulheres suspirarem. As impressões que tive em relação a esse livro são as melhores eu li e nem me dei conta que estava acabando. Várias sacadas boas que a autora teve, o mais legal foi a introdução à cultura cigana, mesmo que um pouquinho, e me deixou com vontade de ler mais a respeito.

Em suma, um dos livros que mais gostei, todas as referências são ótimas, Carina acertou em cheio no enredo e no desenrolar da trama, encanta todos seus leitores (as) que apreciam um chick-lit, sou suspeita, pois, é o meu gênero preferido, uma leitura que conquista e te prende.

Nota: 4/5 estrelas

Por Roberta Corrêa

[Resenha] A Lista de Brett – Lori Nelson Spielman

20160421_154902

 

Título: A Lista de Brett

Autora: Lori Nelson Spielman

Editora: Verus

Ano: 2014

Páginas: 364

Sinopse:

Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.

Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis.

Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

12654129_10208650868057404_4099667489378130979_n

 

Resenha

Nossa, acho que não sei por onde começar a relatar minha experiência com esse livro, só que é um dos mais lindos e tocantes que já li.

A cada página uma sensação e emoção nova, a estória da Brett me lembrou da minha há algum tempo atras e por isso me tocou tanto, cada item de sua lista, e as palavras de sua mãe nos bilhetes foram as mais lindas e delicadas, mas também firmes e cheias de sabedoria.

Brett que antes era até um tanto fútil por conta de sua vida estável se torna mais forte, madura, uma pessoa melhor. Vejo que as perdas nos fortalecem e fazem com que aprendamos a caminhar com nossas próprias pernas e foi o que aconteceu com nossa mocinha. A amizade com Brad, o namoro com um cara chato que todo mundo via menos ela, a vida acomodada que ela levava, tudo muda e isso a faz sair da bolha, a partir daí fica tudo mais interessante.

A cada item alcançado da lista vemos Brett mudar, sua visão a respeito dos outros e das coisas como ela enxergava antes e o depois…. isso que é o legal, se nós mesmos fizéssemos uma lista, não digo como a dela, mas uma simples imagina quanta coisa poderíamos mudar, melhorar e sermos pessoas melhores.

É um livro de recomeço, de perdas, ganhos, amores que vem, amores que vão, mas uma coisa que fica e é para sempre amanhã tudo começa de novo.

12418026_10208642874417568_3691356730259423600_n

 

Sem duvida é o meu livro de cabeceira!

 

Nota: 5,5

Por Roberta Corrêa.

 

Americanas

Submarino

Amazon