[Resenha] Menina Má – William Mach – @DarkSideBooks

Menina Má – William March

NASCEMOS TODOS INOCENTES E SOMOS CORROMPIDOS PELO MUNDO À NOSSA VOLTA?

Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar mesmo na mais adorável das crianças?

Há 62 anos, um livro de suspense psicológico faria com que milhões de leitores discutissem apaixonadamente essa questão. Que livro era esse? MENINA MÁ, mais um clássico que a DarkSide Books desenterra para os fãs do que há de melhor, e mais sombrio, na literatura mundial.

“ASSUSTADORAMENTE BOM.”
– HEMINGWAY –

menina-ma-verso

Publicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro “apavorantemente bom”. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark.

menina-ma-001

menina-ma-002

menina-ma-003

Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

post-menina-ma

“TUDO MUDOU QUANDO LI
ESSE LIVRO NO COLEGIAL.”
– LADY GAGA –

MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

menina-ma-personagens-inspirados

O romance de William March, que chega as livrarias em 2016, é ainda uma excelente dica de leitura para os fãs da coleção Crime Scene, da DarkSide Books, que investiga casos reais de psicopatas. A ficção nunca antes foi tão assustadoramente real como em MENINA MÁ.

“William March sabe onde os temores e os segredos humanos estão escondidos.”
— NEW YORK TIMES —

“Uma verdadeira proeza artística.”
— ATLANTIC MONTHLY —

menina-ma-banner-interno

Resenha:

 

“Rhoda ficou tão surpresa por ter sido interpelada que saiu da sua eterna calma, deslizou nos patins de lá para cá e disse: ‘Por que deveria me importar? Foi Claude Daigle que se afogou, não eu’.” (Pág. 74)

A garota é uma completa psicopata, fria e calculista, incapaz de sentir empatia pelo proximo, tampouco por sua mãe.

A trama é viciante, deixando claro que Rhoda não deixa que atrapalhem seu caminho e quem ficasse ela daria um jeito de tira-lo da jogada.

Tudo começa quando Claude um colega da escola de Rhoda é achado morto e sem sua medalha em um passeio promovido pelas professoras. O garoto a havia ganhado um premio de caligrafia e Rhoda não estava conformada por ele tê-la ganho ao invés dela, tendo em vista ela acreditava ter ser esforçado mais.

Era a obsessão nossa menina má ter a medalha que foi dada ao garoto. Quando sua mãe descobre que a medalha esta com a garota, Christine começa a investigar situações anteriores onde a garota estava quando teve acidentes com seus colegas. e também o que teria acontecido para que Rhoda se tornasse essa criança tão assustadoramente má, Chritine acaba descobrindo fatos de seu próprio passado que podem estar ligados com o porque de sua filha ser do jeito que é.

Apesar de ter uma trama viciante, para mim, é notável que a dinâmica da narrativa pode ser difícil para alguns leitores, devido ao fato do autor passar contando a historia de todos envolvidos.

Nota: 4/5 estrelas.

Por Dennis Romoaldo, nosso querido colaborador.

capa-menina-ma_02

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s