[Resenha] Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar – Sarah MacLean @editoraarqueiro

Arqueiro

 

Capa nove regras a ignorar_19mm.indd

Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar

Autora: Sarah Maclean

Título original: 9 Rules To Break When Romancing A Rake
Gênero: Ficção, Romance de Época
Editora: Arqueiro
Data de publicação: 01/03/2016
Páginas: 384
Classificação: 4/5
Leia aqui um trecho do livro ⇒  Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar

Com um texto leve, inteligente e sensual, Nove regras a ignorar antes de se apaixonar levou Sarah MacLean às listas de mais vendidos e foi escolhido um dos dez melhores romances de época do ano pela Publishers Weekly em seu lançamento. 

“Sarah MacLean é inteligente, sexy e sempre romântica.” – Julia Quinn, autora da série Os Bridgertons 

“Divertido, perspicaz, feminista e fogosamente apimentado.” – BookRiot.com 

“Quando se trata de criar histórias de amor sedutoras e com doses iguais de malícia e sensualidade, Sarah MacLean é insuperável.” – Chicago Tribune

“Romances históricos sagazes e apaixonantes.” – Lisa Kleypas, autora da série Os Hathaways

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

**** Trechos****

– Este não foi o beijo que veio buscar – falou Gabriel.

– Ora, bem. Foi bastante agradável. Acho que estou muito satisfeita.

– Bastante agradável não deveria ser o que está procurando. Nem o beijo deveria deixá-la satisfeita.

Então ele a beijou. De verdade. Puxou-a contra si e pressionou a boca na dela, possuindo-a, tomando-a de uma forma que Callie nunca poderia ter imaginado. Foi como se ele lesse seus pensamentos e, quando ela não podia aguentar nem mais um instante, abraçou-a mais apertado e aprofundou o beijo, mudando a pressão.

E ela se perdeu. De repente, estava em chamas. Gabriel tinha razão. Este era o beijo pelo qual tinha vindo.

Quando ele falou, seus lábios se curvaram junto à orelha dela, a respiração áspera transformando as palavras mais em um afago do que um som.

– Beijos não devem deixá-la satisfeita. Eles devem deixá-la querendo mais.

Resenha

Sarah MacLean escreve de forma sensual, envolvente, inteligente e apaixonante. Sim, a autora é tudo isso e muito mais! Ela já havia entrado para a minha lista de autoras favoritas de romances históricos quando li a série O Clube dos Canalhas, série que indico de olhos fechados para os amantes do gênero romance de época.

Em Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar, a protagonista Lady Calpúrnia, filha de um conde, é uma solteirona com 28 anos de comportamento exemplar que está cansada de se esconder pelos cantos dos bailes e festas, assistindo a vida das pessoas e se sentindo cada vez menos valorizada. Um dia após uma conversa com seu irmão, ela decide criar uma lista de regras que deseja quebrar para finalmente viver as experiências que tem vontade.

Porém, para quebrar a primeira regra, BEIJAR, Callie precisa de Gabriel, o maior libertino de Londres, o marquês de Ralston, homem que ela ama desde a juventude. O marquês apesar de surpreso com o pedido de ajuda da moça, aproveita a oportunidade para fazer um acordo com Callie, onde ele a ajuda com sua lista “maluca” e ela o ajuda a inserir sua irmã recém descoberta na sociedade.

A lista irá aproximá-los e eles acabam apaixonados. Porém, apesar de clichê esse acordo nos faz rir e emocionar. Afinal, imagine uma lista com atividades que uma mulher deseja realizar mas que na verdade são atividades exclusivas de homens?!?!

A trama apresenta muitos pontos positivos. A edição está incrível! A capa é linda, as folhas são amarelas e a diagramação está ótima. O livro é engraçado, sensual e cheio de diálogos maliciosos e inteligentes. Não dei a nota máxima porque achei o final um pouco corrido e previsível, a autora poderia ter trabalhado um pouco mais alguns pontos, mas mesmo assim o livro é maravilhoso e tenho certeza de que irá agradar aos amantes do gênero.

Em suma o livro é totalmente apaixonante e viciante! Adorei os personagens. Callie na verdade é linda e tem uma personalidade marcante. Gabriel apesar de libertino, é um perfeito cavalheiro. Quando o caminho deles se cruzam, a paixão, o encantamento e o amor explodem! A conexão deles me conquistou e quando vi, já tinha devorado o livro.

Sobre a série

Nove regras a Ignorar antes de se Apaixonar é o primeiro volume da trilogia Os Números do amor. O segundo volume já tem título e capa definida e será lançado pela Arqueiro. Dez formas de fazer um coração se derreter conta a história de Nick, o simpático irmão gêmeo do marquês de Ralston. Cada livro é protagonizado por um casal diferente, mas é importante ler na ordem de publicação pois os casais estão interligados.

Por Viviane Gonçalves

Para maiores informações acesse ⇒ Editora Arqueiro

Blog parceiro Arqueiro

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar – Sarah MacLean @editoraarqueiro

  1. Pingback: [Resenha] Dez formas de fazer um coração se derreter – Sarah MacLean @editoraarqueiro | La Luna Literária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s