[Novidades] Parceria 2016 – Editora Arqueiro e Sextante

 

É com imensa alegria que comunicamos aos nossos seguidores e amigos que o Blog La Luna Literária foi selecionado para parceria em 2016 com as editoras Arqueiros e Sextante ♥ Desde já agradecemos a confiança!

Confira algumas novidades das editoras.

c3ac8508cc80a491f326ced45ff14aec_400x400

PaixãoLibertadora_18mm.indd

PAIXÃO LIBERTADORA

Gênero FICÇÃO ROMANCE

“Sensual e viciante, faz o coração bater mais forte do início ao fim.” – Aestas Book Blog

“Sophie escreve o tipo de história que o leitor deseja: personagens intensos e enredo envolvente, que permanecem com você muito tempo depois de virar a última página.” – Tara Sue Me, autora da trilogia A Submissa

Segundo livro da trilogia Desejo Proibido – que teve mais de 4,5 milhões de visualizações on-line –, Paixão libertadora é uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances.

Max O’Hare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.

É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado.

Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois…

Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.

****

Grace deu um gritinho de surpresa e se virou, a mão apertando o peito, e encontrou Max sorrindo daquele seu jeito devastadoramente lindo, apoiado de modo casual em uma das colunas do porão. Ele era tão sexy!

– O que você está fazendo aqui embaixo? – perguntou ela, sua voz tremendo com a adrenalina que ainda pulsava em seu corpo.

Ela não sentia medo, é claro, mas a maneira como Max a fitou fez seu corpo tremer de forma deliciosa.

O olhar dele passeou pelos degraus até a porta do porão, que só tinha uma frestinha aberta. Max deu um sorriso maroto e abaixou a cabeça, cravando-lhe olhos predadores.

– Imagine minha alegria quando Holly disse que você estava aqui embaixo.

Ele deu um passo na direção dela.

– Só você…

Outro passo.

– … e mais…

E outro.

– … ninguém.

As costas de Grace bateram na pedra fria. Seu peito se agitou.

– E por que isso alegraria você?

Ele parou, os olhos passeando por sua saia jeans, pelo seu decote, e seguindo até seu rosto.

– Porque eu me lembro perfeitamente de você me dizendo que tinha imaginado nós dois fazendo sexo aqui.

Leia um trecho aqui ⇒ Paixão Libertadora

Ligeiramente Seduzidos_16mm.indd

LIGEIRAMENTE SEDUZIDOS

Gênero FICÇÃO ROMANCE DE ÉPOCA

“Mary Balogh transforma o que poderia ser um romance comum em uma narrativa emocionante, com personagens profundos e fortes, ambientada em um cenário histórico que fervilha de ação. Ela é mestre nesse tipo de escrita, e este livro vai deixar você sem fôlego.” – Romantic Times Book Club Magazine

Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas.

Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes – prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança.

Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém.

Em Ligeiramente seduzidos, quarto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos brinda com mais uma história fascinante. Em uma trama repleta de traição e vingança, escândalo e sedução, ela mostra que o caminho para o amor pode ser difícil, mas que a recompensa faz cada passo valer a pena.

****

– A senhorita é uma feiticeira – disse ele. – Inverteu a situação. Jogou meu próprio jogo e teve uma conversa filosófica comigo quando eu estaria flertando com a senhorita. Mas não é tão fácil me distrair dos meus instintos. Tenho que lhe roubar um beijo.

– Ah, o senhor não vai roubar nada.Vim até aqui com o firme propósito de ser beijada. O senhor não foi nada esperto, lorde Rosthorn. Beije-me.

Por alguns instantes, o conde não se moveu. Então, afastou-se da árvore e segurou o rosto dela entre as mãos.

Seus lábios, ao tocarem os dela, estavam quentes, macios, e o toque foi leve como o de uma pluma. Em seguida, ele os roçou nos dela, lambendo-os de leve, mordiscando o lábio inferior, então passando a língua pela parte de dentro, explorando a região úmida e sensível.

Os efeitos do beijo, descobriu Morgan, não se restringiram à área dos lábios. Ela sentiu a boca ansiando por mais, então os seios e a parte interna das coxas. Quando ele enfim afastou o rosto, Morgan compreendeu como um simples beijo podia ser perigoso. Tinha brincado com fogo. Talvez o conde houvesse ganhado aquele round de hostilidades, afinal.

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Ligeiramente Seduzidos

Capa nove regras a ignorar_19mm.indd

NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR

Gênero FICÇÃO ROMANCE DE ÉPOCA

Com um texto leve, inteligente e sensual, Nove regras a ignorar antes de se apaixonar levou Sarah MacLean às listas de mais vendidos e foi escolhido um dos dez melhores romances de época do ano pela Publishers Weekly em seu lançamento. 

“Sarah MacLean é inteligente, sexy e sempre romântica.” – Julia Quinn, autora da série Os Bridgertons

“Divertido, perspicaz, feminista e fogosamente apimentado.” – BookRiot.com

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

****

– Este não foi o beijo que veio buscar – falou Gabriel.

– Ora, bem. Foi bastante agradável. Acho que estou muito satisfeita.

– Bastante agradável não deveria ser o que está procurando. Nem o beijo deveria deixá-la satisfeita.

Então ele a beijou. De verdade. Puxou-a contra si e pressionou a boca na dela, possuindo-a, tomando-a de uma forma que Callie nunca poderia ter imaginado. Foi como se ele lesse seus pensamentos e, quando ela não podia aguentar nem mais um instante, abraçou-a mais apertado e aprofundou o beijo, mudando a pressão.

E ela se perdeu. De repente, estava em chamas. Gabriel tinha razão. Este era o beijo pelo qual tinha vindo.

Quando ele falou, seus lábios se curvaram junto à orelha dela, a respiração áspera transformando as palavras mais em um afago do que um som.

– Beijos não devem deixá-la satisfeita. Eles devem deixá-la querendo mais.

“Quando se trata de criar histórias de amor sedutoras e com doses iguais de malícia e sensualidade, Sarah MacLean é insuperável.” – Chicago Tribune

“Romances históricos sagazes e apaixonantes.” – Lisa Kleypas, autora da série Os Hathaways

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Nove Regras

Outlander_4_Tambores_de_Outono_Parte1_28,5mm.indd

OUTLANDER – OS TAMBORES DO OUTONO

Gênero FANTASIA FICÇÃO ROMANCE

“Um sucesso arrasador.” – The Wall Street Journal 

Neste livro emocionante, repleto de ação, intrigas e detalhes históricos, as barreiras do espaço e do tempo são postas à prova pelo amor de um casal e pela coragem de sua filha em mudar o destino para salvá-los.

Será possível alterar o passado?

Após tomar a difícil decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo novamente para reencontrar seu grande amor, Claire Randall tem mais um desafio: criar raízes na América colonial do século XVIII ao lado de Jamie Fraser. Eles partem rumo à Carolina do Norte para encontrar um novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma propriedade na região.

Enquanto isso, em 1969, Brianna Randall se une a Roger Wakefield, professor de história e descendente do clã dos MacKenzie, para encontrar as respostas sobre as próprias origens e sobre Jamie, o pai biológico que nunca conheceu.

Em meio às buscas, ambos encontram indícios de um incêndio fatal envolvendo os pais de Brianna. Mas Roger não pode lhe contar isso, porque sabe que a namorada tentaria voltar no tempo e salvá-los. Por outro lado, Brianna também não compartilha sua descoberta, pois tem certeza de que Roger tentaria impedi-la.

****

“Delicioso… Uma busca angustiante e cheia de conflitos através do espaço e do tempo. Diana Gabaldon tem poucos concorrentes no que diz respeito a escrever romances históricos densos. O quarto livro da série tem uma premissa encantadora e os recursos da autora são impressionantes, seja evocando a crueza da América colonial, a confusão de uma escocesa moderna, a luxúria da carne ou os anseios do espírito. Sua legião de fãs vai adorar…” Publishers Weekly

“Apaixonante… notável! Um misto de história, fantasia e romance.” Arizona Republic

“Diana Gabaldon cruzou continentes e séculos mais uma vez e criou uma obra de puro brilho e paixão.” Goodreads.com

“Personagens inesquecíveis… Um livro ricamente entrelaçado com detalhes históricos. Não consegui largar.” Cincinnati Post

“Os fãs desta gigante do gênero vão gostar ainda mais do quarto livro.” Booklist

“Os tambores do outono é Diana Gabaldon em sua melhor e mais hipnotizante forma.” – A aire de Coeur

“Maravilhoso. O ápice do entretenimento em ficção histórica.” San Antonio ExpressNews

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Outlander

capa Um beijo inesquecivel_15mm.indd

UM BEIJO INESQUECÍVEL

Gênero FICÇÃO ROMANCE ROMANCE DE ÉPOCA

Os livros de Julia Quinn já alcançaram a marca de 10 milhões de exemplares vendidos no mundo.

Um beijo inesquecível é sétimo livro da série Os Bridgertons.

“Louco, comovente e hilário, este livro vai brincar com todas as emoções do leitor e prendê-lo até o fim.” – Publishers Weekly

“Um livro delicioso, que transborda ironia e humor e traz um romance maravilhoso, diálogos vívidos e personagens cativantes.”  – Barnes & Noble

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente.

Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.

Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.

Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro… e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.

****

– Gareth? – sussurrou ela.

Hyacinth nunca o chamara pelo primeiro nome.

Agora ele queria tocá-la. Não, queria consumi-la.

Os olhos de Hyacinth se arregalaram quando ele deu um passo em sua direção, reduzindo à metade a distância que os separava. Gareth passou o braço pelas costas dela e, num instante, Hyacinth estava pressionada contra ele.

Seus lábios se encontraram e ele não fez o correto para uma primeira vez. Não foi dócil nem doce. Simplesmente a beijou. Com tudo o que tinha, com todo o desespero que corria por suas veias.

Ele sentiu as mãos de Hyacinth em sua nuca, agarrando-o com todas as forças, e seu coração disparou. Ela o queria. E nunca havia sido beijada, disso ele tinha certeza. Mas estava ávida e excitada. Dava para perceber, pela forma como pressionava o corpo contra o seu, pela forma como agarrava desesperadamente os seus ombros.

– Retribua o meu beijo – murmurou ele.

– Eu estou retribuindo.

Ele se afastou alguns centímetros e disse com um sorriso:

– Vai precisar de uma ou duas aulas. Mas não se preocupe, ficaremos bons nisso.

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Um beijo inesquecível

star

Novidades da Editora Arqueiro ⇒ Lançamentos

O que vem por aí? ⇒ Próximos lançamentos

LogoSextante2

9788543103297

DIÁRIO DE UM ZUMBI DO MINECRAFT 5

Gênero INFANTOJUVENIL

São as últimas semanas antes das férias… e o nosso amigo zumbi mal pode esperar!

Falta pouco para as férias. Chega de Escola Monstro! Chega de professores e livros! Serão semanas e semanas só jogando videogame, comendo bolo e aprontando todas com Steve, Esquely, Slimey e Creepy.

Bem, essa era a ideia do zumbi, até ele descobrir que seus pais tinham outra coisa em mente…

Agora tudo o que pode fazer é pedir ajuda a seus amigos mobs. Juntos, eles vão inventar os planos mais loucos, assustadores e divertidos para fugir desse “terrível destino”.

NESTE VOLUME, DESCUBRA O VERDADEIRO NOME DO ZUMBI!

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Diário de um zumbi

CAPA_Assim_se_Pariu_o_Brasil_16mm.indd

ASSIM SE PARIU O BRASIL

Gênero NÃO FICÇÃO

Três séculos de invasões, rebeliões e outras calamidades do período colonial ao nascimento do Brasil.

Há mais de 500 anos houve um pequeno povo, oriundo de um minúsculo pedaço da Europa, que descobriu, diz-se por engano, um pedaço da costa sul-americana. E depois mandou para lá mais naus. E mais gentes. Por lá atacou índios e foi atacado por eles, aliou-se a nativos, procriou com índias, trouxe negros da África, procriou com negras, mandou jesuítas pregarem terra adentro, meteu-se em cultivos e garimpos, perambulou pelo sertão, navegou por rios parecidos com o mar. Ainda lidou com a cobiça de outros países europeus sedentos em filar seu quinhão. Tudo isso só poderia resultar em sangue e crueldade, mas bem misturado com coragem e sagacidade.

Neste livro, Pedro Almeida Vieira mostra como um “rato” (Portugal) pariu uma “montanha” (Brasil). Com ilustrações de Enio Squff, a obra relata 25 dos mais fundamentais episódios da História colonial. Conhecer isto, por meio da pena de um português, talvez ajude a compreender por que o Brasil nasceu quase sem dramas (ao contrário dos outros países sul-americanos), e depois cresceu assim, como se sabe. A “culpa”, sempre se pode dizer, foi do português, claro. E o autor, português, até concordará.

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Assim se pariu o Brasil

PONTO_DE_EQUILIBRIO_14mm.indd

O PONTO DE EQUILÍBRIO

Gênero AUTOAJUDA

“Estar em seu ponto de equilíbrio é sentir-se ao mesmo tempo calmo e energizado, realizado e feliz, forte e tranquilo. Neste livro, a Dra. Christine Carter ilumina o caminho simples e sólido que leva a esse estado precioso.” – Deepak Chopra

“Nossa vida é um conjunto de engrenagens de diferentes tamanhos. Em geral, tentamos melhorá-la modificando as peças maiores: casando ou divorciando, mudando para outra cidade ou pedindo demissão. Às vezes é mesmo necessário girar esse mecanismo. Mas as engrenagens maiores são difíceis de mover. Este livro vai ajudar você a mudar as menores, aquelas que correm com relativa facilidade. E, como todas estão interligadas, ao ajustarmos uma engrenagem menor, as maiores também se moverão – e sem esforço.” – Christine Carter

Você não precisa abrir mão da carreira para viver sem estresse nem deve sacrificar suas poucas horas de lazer para ser mais produtivo – basta encontrar seu ponto de equilíbrio, um estado em que você é capaz de fazer mais se esforçando menos.

Essa foi a conclusão a que chegou a socióloga Christine Carter. Sentindo-se sobrecarregada ao tentar conciliar os papéis de escritora, palestrante e mãe, ela lançou mão de seu vasto conhecimento sobre felicidade e alta performance e testou em si mesma diversas técnicas que prometiam trazer mais eficiência ou mais tranquilidade.

Acabou descobrindo que o ideal é unir nossas paixões, nossa vocação e nosso trabalho – três forças que, quando combinadas, nos dão entusiasmo e serenidade para enfrentar qualquer situação.

Abordando temas como o excesso de trabalho, a falta de tempo e a distração causada pelo mundo virtual, O ponto de equilíbrio apresenta técnicas para você promover uma mudança significativa em sua vida.

Seja instituindo micro-hábitos que poupam tempo ou girando grandes engrenagens para converter a tensão em energia criativa, você vai aprender a:

• Aumentar a proporção de emoções positivas no seu dia a dia e eliminar os hábitos negativos que sabotam o seu bem-estar.

• Parar de tentar fazer tudo certo e começar a fazer apenas as coisas certas.

• Aprender a dizer “não” quando necessário – sem se sentir culpado por isso.

• Deixar de ser multitarefa e ganhar mais eficiência.

• Usar a tecnologia para aumentar – e não drenar – sua energia.

Leia um trecho do livro aqui ⇒ Ponto de equilíbrio

star

Novidades da Editora Sextante ⇒ Lançamentos

O que vem por aí? ⇒ Próximos lançamentos

Siga as editoras nas redes sociais e fique por dentro das novidades!

• Redes sociais Arqueiro:
 
• Redes sociais Sextante:
Site: http://www.sextante.com.br/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s