[Resenha] Na Ilha – Tracey Garvis Graves

10620758_869975049682235_3201869370417465087_n

Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 288

Sinopse

Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.

Anna Emerson, uma professora de 30 anos, vive em um relacionamento que não vê muito futuro, tem o sonho que a maioria das mulheres tem casar e ter filhos, mas como vê que nada disso esta prestes a acontecer ela embarca em uma aventura, aceita trabalhar como tutora de um jovem de 16 anos T.J. T. J. um jovem de 16 anos, que esta em remissão de um câncer quer o que todo adolescente de sua idade quer desfrutar, mas se vê obrigado por seus pais a passar as férias, longe dos amigos, tendo que repor suas aulas perdidas por conta de sua doença em uma ilha nas Maldivas, lugar paradisíaco, mas nem todo adolescente gostaria de passar um tempo em um lugar desses estudando. Anna vê uma oportunidade de conhecer um lugar do qual ela jamais pensaria e decide tirar um tempo para pensar em sua vida, e seu relacionamento, 06 meses longe de tudo seria uma boa alternativa se as coisas saíssem como ela planejou, mas eis que o destino prega uma peça e toma outro rumo. Quando Anna e T. J. embarcam para as Maldivas o avião que estão caí, eles conseguem chegar a uma ilha desabitada e conforme os dias passam, e não conseguem acreditar em uma chance de resgate, eles passam a sobreviver, em meio a tempestades, tubarões, doenças e escassez de comida e demais itens necessários básicos à sobrevivência. Os dias se tornam anos e o rumo dessa história é surpreendente. A autora mostra com sensibilidade como Anna e T. J. mudam com o passar do tempo e daí em diante tudo pode acontecer, Anna seria capaz de olhar T. J. com outros olhos? E T. J. seria capaz de aceitar uma mulher mais velha? Na Ilha tudo pode acontecer, o desenrolar da trama é delicado e sem pressão, a autora soube tratar de forma simples e isso me encantou da primeira à ultima página, vale a pena, fique receosa no começo por conta da trama, mas me apaixonei pelos personagens, todos muito bem escritos e carismáticos, e a história é leve isso me instigou mais ainda.

Nota: 5/5 Estrelas

Por Roberta Corrêa

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] Na Ilha – Tracey Garvis Graves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s